Stories Recentes

Síndrome do intestino irritável sintomas, diagnóstico e tratamento.

A síndrome do intestino irritável é uma doença bastante comum e seus sintomas são facilmente confundidos com os de outros distúrbios gastrointestinais. Ele atinge cerca de 20% da população mundial e principalmente as mulheres. Mas o que é exatamente essa doença veremos a seguir.

O que é a síndrome do intestino irritável?

A síndrome do intestino irritável (SII), que também é conhecida com síndrome do cólon irritável ou ainda colite nervosa, é uma doença gastrointestinal e não existe um consenso exato sobre qual sua causa, alguns estudos sugerem que ela está associada a uma disfunção do sistema nervoso central (SNC) e do sistema nervoso do intestino, este que não sem motivos é chamado de nosso segundo cérebro, sendo repleto de neurônios e agindo de forma independente ao SNC.

Por não existir um motivo claro para o aparecimento da doença, entende-se que vários fatores podem desencadear e têm relação com a SII como:

PUBLICIDADE comprar na amazon livro
  • Episódios de gastroenterite (infecções intestinais);
  • Ingestão de alimentos ricos em FODMAPs (alguns tipos de carboidratos fermentáveis);
  • Problemas psicológicos e psiquiátricos como estresse, ansiedade, depressão;
  • Ingestão constante de alimentos muito ricos em gorduras;
  • Distúrbios hormonais;
  • Sono insuficiente;
  • Ingestão de alimentos que contém glúten, mesmo que a pessoa não seja celíaca pode haver sensibilidade;
  • Uso constante de medicamentos, principalmente laxantes, e outros.

Síndrome do intestino irritável sintomas:

A maioria das pessoas que tem SII apresentam sintomas moderados e alguns apresentam sintomas leves ou graves. Como dissemos, os sintomas da síndrome do intestino irritável são bem parecidos com os sintomas de outros distúrbios gastrointestinais, estes são:

  • Desconforto e dor abdominal com alívio após a evacuação;
  • Diarreia ou constipação intestinal;
  • Distensão abdominal (inchaço);
  • Gases;
  • Urgência para evacuar;
  • Alteração e inconsistência na frequência da evacuação;
  • Alteração no aspecto das fezes, cor, formato e consistência;
  • Sensação de não esvaziamento ou incapacidade real de esvaziar completamente o intestino;
  • Náuseas, refluxo, azia e arrotos;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar, Cansaço e fadiga;
  • Perda de apetite;
  • Dores no corpo.

Como é feito o diagnóstico da SII?

O diagnóstico da síndrome do intestino irritável geralmente é feito com exames para excluir a existência de outras doenças, como exames de ultrassom, laboratoriais, endoscopia, testes de intolerâncias e alergias alimentares, colonoscopia, biópsias, tomografia, entre outros.

Segundo uma revisão sistemática publicada no Pará Research Medical Journal, os critérios de Roma IV estabelecidos pela fundação de Roma, formada por pesquisadores especialistas da área, desenvolveu um modo de ajudar no diagnóstico da síndrome do intestino irritável com base nos principais sintomas da doença. Estes são:

PUBLICIDADE comprar na amazon spirulina
  • Dor abdominal frequente;
  • que ela tenha alívio após a defecção;
  • que haja alteração na frequência e aparência das fezes, episódios de diarreia e constipação;
  • que dois ou mais sintomas estejam associados entre si;
  • que os episódios de desconforto tenham tido início há pelo menos 6 meses e aconteçam ao menos uma vez por semana nos últimos três meses.

Tratamento da síndrome do intestino irritável:

A SII pode alterar profundamente a qualidade de vida do paciente devendo ser tratada com seriedade e adequadamente. O tratamento da SII tem como objetivo aliviar os sintomas e por isso vai variar de pessoa para pessoa, de acordo com a sensibilidade a diversos aspectos e intensidade dos sintomas. Por isso para tratar essa doença algumas abordagens são utilizadas como:

  • Adequação da dieta como uma melhor distribuição das refeições e intervalos menores;
  • Retirada do glúten, de alimentos que contém lactose e/ou evitar os alimentos ricos em FODMAPs;
  • Evitar alguns tipos de adoçantes como por exemplo o xilitol e outros alimentos que possam causar sensibilidade e desconforto digestivo.
  • Outros hábitos que estão associados à melhora dos sintomas como uma maior ingestão de água, e fibras principalmente para aqueles com constipação intestinal constante;
  • A prática de atividades físicas também pode ajudar em vários aspectos, até mesmo no psicológico.
  • A terapia psicológica é uma alternativa bastante útil para o tratamento de SII.
  • Além disso também pode ser necessária a utilização de alguns medicamentos como: antiespasmódicos para bloquear os espasmos dos músculos intestinais e controlar o movimento intestinal, laxantes seguros no caso de constipação, antidiarreicos para controlar episódios constantes de diarreia. Também pode ser necessária a utilização de antibióticos, antidepressivos, já que os sintomas podem estar atrelados às emoções, e ainda probióticos que podem ajudar muito a melhorar a microbiota intestinal e aliviar os sintomas da SII.

Consequências da falta de tratamento da SII:

Se a SII não for tratada adequadamente várias consequências ainda podem surgir.

  • Como a doença afeta o intestino onde são produzidos hormônios e neurotransmissores importantes como por exemplo a serotonina e a dopamina, a produção dos mesmos pode ser prejudicada.
  • Além disso a microbiota também pode ser prejudicada e consequentemente até mesmo a imunidade.
  • Devido a constipação podem surgir ainda fissuras anais e até mesmo hemorroidas.
  • Quadros de depressão e outros problemas psicológicos, psiquiátricos e até neurológicos como confusão mental também podem aparecer em decorrência da síndrome do intestino irritável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *