• Uorrem Bife Uó

    Que bacana este bate-papo, não conhecia o Gabriel, mas o Clube do Hardware sim, rs. Vou adicionar o Terremoto no meu feed do Abacus.
    Fiquei curioso quanto uma questão, ele disse que o público no Clube caiu bastante por causa do Facebook, minha dúvida é: as respostas que os internautas encontravam no Clube passaram a se encontradas no Facebook? Será que ele poderia discorrer um pouco mais sobre este caso?
    Abraço e parabéns pela bate-papo!

    • Gabriel Torres

      Obrigado por seu comentário. Eu publiquei no Clube do Hardware uma série de editoriais chamada “Como o Facebook está destruindo a Internet” e explico tudo por lá. O link do primeiro é este: http://www.clubedohardware.com.br/artigos/redes/como-o-facebook-est%C3%A1-destruindo-a-internet-r36294/. O link para a segunda parte é este: http://www.clubedohardware.com.br/artigos/redes/como-o-facebook-est%C3%A1-destruindo-a-internet-parte-2-r36544/ E ainda recomendo este podcast: http://www.clubedohardware.com.br/artigos/radio_cdh/r%C3%A1dio-cdh-programa-049-r36553/. Caso queira mais informações e conversar mais sobre este assunto, basta comentar em um desses artigos que eu respondo sem problemas. Um grande abraço!

      • Uorrem Bife Uó

        Olá Gabriel, li os artigos e ouvi o podcast, muito esclarecedores, entendi melhor porque minhas publicações no Face alcançam poucas pessoas e o tráfego para meu site é menor ainda.
        Além do que você falou sobre o fato das pessoas postarem suas dúvidas na timeline do Facebook, tenho observado um comportamento da população em geral de ficarem o tempo todo conectados no WhatsApp. Ou seja, aquele tempo ocioso que as pessoas tinham e o utilizavam para navegar na internet agora é usado para ver e mandar vídeos no WhatsApp, bater boca em grupos de Whats App, mandar mensagens de bom dia em grupos de WZ, etc.

        Hoje entendo melhor o motivo do Facebook ter comprado o WZ, era seu concorrente de maior perigo, mesmo atuando em um nicho diferente.
        Eu não uso WZ, aliás, nem tenho smartphone. As pessoas acham até estranho pois sou da área de T.I., trabalho com isto o dia todo.Porém optei por não usar a tecnologia mobile no meu dia-a-dia justamente porque fico conectado o dia todo no meu trabalho (via desktop e notebook), e quando saio do escritório prefiro não levar a internet comigo, rs. É o tempo de ficar com a família, ler um livro, etc.
        Por que falo isto? Porque noto na minha própria família que ninguém fica mais na internet, até mesmo vejo pouca gente no Facebook, é WhatsApp o tempo todo. E isto é generalizado… no metrô, no shopping, no trânsito…
        Enfim. Como sobreviver em uma época na qual as pessoas não buscam mais informações e sim ficam o tempo todo mandando vídeo de um lado pra outro nos seus smartphones.
        Ah, estou percebendo também, que em termos de internet a mídia da moda é o Youtube. A cada dia surgem novos canais, é gente falando de tudo, mas os vídeos na sua grande maioria são bem superficiais porque ninguém está disposto a ficarem mais de 5 minutos vendo um vídeo. Noto também que tentam mais vender um produto ou serviço do que passar uma informação útil.
        Será que quem não coloca a cara na câmera e posta apenas conteúdo texto em sites também está fadado a sucumbir?

        Abraço!

        • Gabriel Torres

          Obrigado por seu comentário. Me esqueci de te indicar um outro vídeo que eu fiz que eu falo mais sobre isso também: https://www.youtube.com/watch?v=llDLVUwQLLo

          Em nosso caso, em 2017 criaremos um modelo de cursos virtuais aprofundados e esperamos atingir aqueles que estão dispostos a pagarem para terem conteúdo técnico relevante, sendo que acredito que esta é a forma que sobreviveremos.

          • Uorrem Bife Uó

            Valeu Gabriel!
            Gostei muito da sua história. Fiz um post de chamada para o bate-papo no meu site…
            http://abacusliquid.com/clube-do-hardware/
            Abraço!

          • Sensacional o off-topic de vocês, @uorrembifeu:disqus e @disqus_jltMJj8RSj:disqus !!! Esta questão do monopólio do Facebook é realmente muito séria. Iniciativas como o internet.org mostram como a “fome” do Facebook pode ser perigosa. Abraços!

          • Gabriel Torres

            Excelente, obrigado pela força, vou divulgar! :)

          • Uorrem Bife Uó

            Saindo mais um post… agora com o tema nômades digitais…
            http://webinformado.com.br/nomades-digitais-brasileiros/
            Abraço!

          • Gabriel Torres

            Ficou muito bacana, obrigado por me avisar! :) Divulgando…